Startup Privio cresce 35% em setembro com cerca de 3 novos usuários por dia

Com foco em telemedicina, a startup está presente em 26 estados e o Distrito Federal

 POR: SiegelPress 

Com a pandemia do Covid19, a telemedicina surgiu como uma importante aliada. Com o isolamento social e os hospitais lotados, as pessoas preferiram adotar as consultas à distância para evitar aglomerações e até mesmo o contágio do novo coronavírus. Foi nesse cenário que a Privio, startup especializada em telemedicina, cresceu 35% somente no mês de setembro, com cerca de 3 novos usuários por dia.

Entre março e junho, impulsionados pela pandemia, a base de usuários da Privio foi triplicada, uma vez que os médicos precisavam de uma ferramenta para atenderem seus pacientes e se relacionarem a distância. Esse relacionamento se deve não só às consultas via vídeo, mas também para troca de mensagens ou enviar receita digital, por exemplo.

A Privio desenvolveu a solução “App minha clínica”, uma plataforma whitelabel que permite que qualquer clínica tenha seu próprio aplicativo e consultório virtual para chat e teleconsultas baseadas no app Privio, mas com nome e identidade visual da própria clínica. A vantagem é que, através da tecnologia, a startup entrega um aplicativo exclusivo para cada clínica, sem a necessidade de construir do zero, barateando o custo do desenvolvimento, considerado o mais barato do mercado. Teleconsulta, chat, remuneração, organização e anotações são as ferramentas disponíveis, consideradas fundamentais para o atendimento de clínicas médicas em geral.

Além do App exclusivo, a Privio também oferece o App gratuito, ferramenta ideal para médicos por substituir 100% o WhatsApp como forma de comunicação e ainda com a possibilidade de realizar teleconsultas em um só lugar.

“Atuamos em todo o país, em mais de 58 cidades, com o App de telemedicina e o crescimento tem sido constante. Sabemos que a pandemia incentivou esse crescimento, mas apostamos que, mesmo após essa fase, as teleconsultas continuem a fazer parte do dia a dia de médicos e pacientes, uma vez que se adaptaram a um novo modelo, sem perder a eficácia e condução no tratamento”, declara Davi Zanatto, CEO da Privio.

Sobre a Privio

A startup foi criada em 2017 com o objetivo de melhorar a jornada digital de médicos e pacientes, podendo aproximá-los. A base do aplicativo é um chat para troca de mensagens, local onde médicos e pacientes se conectam. Nesse chat é possível trocar mensagens de texto, áudio, anexar fotos, vídeos e documentos.

Além disso, tem ainda a função de vídeo chamadas para realização de teleconsultas e a possibilidade de realizar prescrições digitais. O médico também pode realizar anotações e ter uma ficha do paciente para acessar durante as conversas, além de ferramentas de privacidade para organizar seus horários e pacientes. Mais informações em https://privio.com.br/.

Compartilhe o post: