Restaurado com investimento de R$ 1,4 milhão, saguão central da Estação da Luz é reinaugurado

Um dos mais emblemáticos prédios da cidade de São Paulo acaba de ganhar uma área totalmente restaurada, que vale a visita. O saguão central da Estação da Luz foi reformado em um período de cinco meses, com investimento de R$ 1,4 milhão da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, por meio da organização social ID Brasil, e em que foi feita a recuperação completa das argamassas pigmentadas da década de 1950 que recobrem as paredes, colunas e ornamentos do local. Já o piso feito em granilite, uma argamassa que imita pedra, material que era considerado nobre e que depois se popularizou recebeu serviços de conservação. O grande lustre central também recebeu limpeza, conservação e pintura. E não parou por aí. Foram restauradas as duas bilheterias do térreo, nas alas Leste e Oeste, essa última conhecida como “bilheteria histórica”, que teve restaurada uma pintura mural original, de 1901 – ano da inauguração da Estação da Luz. A obra aconteceu em paralelo com a reconstrução do Museu da Língua Portuguesa, que segue a todo o vapor. A previsão de reabertura é o primeiro semestre de 2020.

Fonte: Glamurama