Profissionais encaram desafio, mudam de carreira e não se arrependem

Nunca é tarde para encarar o desafio

Insatisfação com a vida profissional, desejo de executar projetos guardados há tempo ou a descoberta de uma nova paixão. não importa o  motivo, é cada vez mais comum as pessoas largarem suas carreiras e começarem uma nova, do zero, mudando o curso de suas vidas.

É o caso da fotógrafa Shalimar Winkler. Formada em Tecnologia da informação, com especialização em gerenciamento de projetos, ela decidiu jogar tudo para o alto e se dedicar à fotografia. “Sempre gostei da área, mas era para ser um hobby. Contudo, no meio do curso básico de fotografia, comprei uma câmera profissional, fiz muitos workshops e comecei a praticar. Depois, resolvi fotografar filhos de amigos, chá de bebê, etc. Fui me apaixonando cada vez mais e pensei:’ Quero trabalhar com isso!'”, comenta a fotógrafa especializada em
fotos de grávidas, família, subaquáticas e newborn.

Shalimar Winkler – Laura

Com um olhar peculiar para registrar boas imagens, em abril de 2016, abriu seu primeiro estúdio, na Tijuca, Zona Norte, do Rio de Janeiro.” São duas salas comerciais, num edifício novo e moderno. Meu estúdio tem conforto, pois para tirar uma mãe de casa com seu filho  recém-nascido, é preciso oferecer condições mínimas para ela relaxar enquanto a sessão rola.  Tenho poltrona e almofada de amamentação, trocador, espaço que ajuda a otimizar o tempo de ensaio e ambiente climatizado”, explica Shalimar Winkler.

Depois de trabalhar como ator, dublador e cantor, Bruno Miguel decidiu se dedicar ao que realmente gostava: direção. “Em 2011, abri sozinho a minha produtora, Mouse House. Produzia campanhas com qualidade por um valor bem atraente e a empresa virou um sucesso, o que chamou atenção da concorrência.  Em 2016, recebi uma proposta de fusão. Meu atual sócio e antigo concorrente vinha de uma produtora maior, que estava perdendo terreno no atual mercado. Eu tinha uma estrutura menor, mas com um novo olhar de administração e produção. Decidimos nos unir e criamos a Movie Machine. Dois anos depois, podemos dizer que a empresa é um grande sucesso. Hoje, eu chego a dirigir oito filmes ao mesmo tempo. Somos uma das maiores produtoras do Brasil e ganhamos mais de 10 prêmios internacionais e mais de 10 nacionais”, relembra ele, que, em 2005, atuou como Leonardo “DiCaprio”, no grande sucesso da TV Bandeirantes, “Floribella”, além de trabalhos na TV Globo e Rede Record.

Al Hamdan

Outro exemplo é a empresária Karen Ferro. Formada em moda, trabalhou como modelo e atriz, pós-graduada em design de acessórios e com a sua própria marca, ela não teve medo de largar tudo e encarar um grande desafio. Desde 2013, ela está à frente da franquia Cachambi, da rede de academias Team Nogueira, que pertence aos lutadores de MMA, Minotauro e Minotouro. Filha de professores de educação física e donos de academia de fitness referência no mercado, Karen conheceu a franquia após a visita a uma feira de esporte ao lado do irmão, Diogo, quando os dois decidiram investir, juntos, no novo negócio. Para se aprimorar na nova carreira, ela fez o curso de gestão de MMA, no IBMEC (Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais) e, desde então, não parou mais.

Karen Ferro na academia – Otávio Sobrinho

“Sempre quis seguir a carreira artística mesmo, mas como era muito criativa e empreendedora e com habilidade em design gráfico, comecei a organizar a identidade visual da academia dos meus pais e foi dando certo. Quando conheci o Minotauro e Minotouro pessoalmente, fui ao
centro de treinamento, vi os treinos e me encantei com a simplicidade, união e força de vontade que existe para seguir essa profissão”, diz Karen Ferro. Hoje, a Team Nogueira Cachambi é um case de sucesso entre as unidades com mais de três mil alunos e uma das principais da rede.

O espaço oferece, além de aulas de artes marciais, programas especiais para crianças e mulheres. Além disso, Karen Ferro foi escolhida para ser representante do Conselho dos franqueados da Team Nogueira e há quatro anos, entrou literalmente para o mundo da luta,
virando atleta de jiu-jitsu. Conquistou a medalha de bronze no World Master Championship, realizado, em Las Vegas, em 2015.

Deixe uma resposta

CAPTCHA