O “bonito” pode variar

Estilo é relativo, principalmente em profissões, descubra o seu

POR: Toda Comunicação

Estilo não necessariamente segue as tendências de moda e pode ser extremamente relativo, afinal, existem padrões diferentes e pessoas diferentes em cada um.

Principalmente no ramo profissional, é importante que você reflita a profissão através da aparência, e o padrão de estilo pode mudar.  “Cada indivíduo possui um estilo próprio, composto por uma combinação única dos sete estilos universais, porém no âmbito profissional muitas vezes os profissionais podem parecer todos iguais. Para que isso não ocorra, cada um deverá encontrar o que o diferencia dos demais”, conta Ilse Gaedke, consultora de imagem e estilo, CEO da Lillys Consultoria.

“A imagem de um profissional que trabalha em grandes corporações ou na área do direito será completamente diferente de alguém que trabalhe no mercado informal ou das artes”comenta Ilse.

Podemos mencionar duas profissões completamente distintas para exemplificar o ponto abordado, como um tatuador e um advogado. Quem trabalha num estúdio de tatuagem terá uma imagem irreverente e descolada, enquanto o profissional que atua num escritório de advocacia terá uma imagem séria e cerimoniosa.

O cargo em que você se encontra também pode ser um determinante de liberdade para variar o guarda-roupa, porém a consultora de imagem aconselha  a buscar a individualidade sem cometer exageros para que a mensagem que você precisa transmitir em função do cargo que exerce não seja comprometida.

“É possível mostrar sua personalidade e estilo próprio através das roupas e acessórios, sem que isso cause prejuízos no trabalho, você apenas precisa analisar as opções e buscar ajuda de um profissional especializado”, finaliza a consultora.

Serviço: Ilse Gaedke

Consultora de Imagem

Contato: (41) 99175-6998

@lillysconsultoria

www.lillysconsultoria.com.br

Email: contato@lillysconsultoria.com.br