Nichos de Beleza e Estética que atuam juntos aos adultos experientes

A fotodepilação através da luz pulsada intensa oferece mais benefícios e valores agregados em relação ao laser

POR: Fabio Lacerda

O mercado voltado para adultos experientes, pessoas a partir dos 60 anos, tem um futuro promissos para os próximos 30 anos. O processo acelerado do envelhecimento no Brasil e no mundo faz com que empresários e empreendedores vejam nesse público um segmento a ser explorado cada vez mais. Atualmente, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, cerca de 30 milhões de pessoas estão na faixa etária dos 60 anos. E a previsão é que este número ultrapasse os 100% até 2050 – 68 milhões de pessoas. O Instituto Locomotiva estima que este público movimenta R$1,6 trilhão por ano. No mundo, o setor de antienvelhecimento faz circular cifras estratosféricas estimadas em US$200 bilhões/ano. Ou seja, o mundo busca jovialidade. Um dos maiores desejos do ser humano é envelhecer com saúde e autoestima

O Brasil é um país preocupado com a aparência. Não à toa figura entre os principais consumidores de Beleza, Estética, Bem-Estar, alimentação e bebida saudáveis e produtos para higiene e cuidados pessoais. Outra questão que mostra o interesse do brasileiro pela jovialidade é a procura de produtos e serviços multifuncionais. Segundo a Euromonitor, provedora global de inteligência estratégica de mercado, as expectativa nos próximos três anos até 2022 é que a indústria de beleza e cuidados pessoais atinja uma ampliação na receita na ordem de 22,1% a contar desde 2018. Para o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), João Carlos Basílio, o ano de 2019 pode ter um aumento no faturamento de 4,1% em relação ao ano passado. Sendo assim, voltando ao patamar de 2015 antes do ano seguinte marcado pela crise global. As principais preocupações dos consumidores brasileiros são os cuidados com cabelos e pele. Em 2018, o setor de Beleza, Estética e Bem-Estar movimentou mais de R$32 bilhões segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). O Brasil é o terceiro maior mercado de consumo de estética do mundo. O crescimento de 20% na última década movimentou, aproximadamente, US$4 bilhões. Assim como a Coréia do Sul, o Brasil é destaque na comercialização de tratamentos estéticos.

A Não+Pelo é uma empresa que preconiza a jovialidade, a boa fisionomia e os cuidados dermatológicos através de seus produtos e serviços multifuncionais que buscam a saúde corporal. Na regional São Paulo, cerca de 20% dos empreendedores estão na faixa sexagenária da idade, e aproximadamente 30% dos clientes variam entre 50 e 65 anos.

Para Thais Ramos, franqueadora máster da Não+Pelo, a tecnologia da Luz Pulsada Intensa e seus benefícios para o bem-estar são diferenciais competitivos para o público. “A cada ano aumentamos o quadro de clientes na faixa etária dos 60 anos. Nossa técnica não limita-se à retirada dos pelos, e por esta motivo, a procura de pessoas experientes pelo nosso tratamento vem crescendo. Além da hidratação e nutrição dermatológica, os serviços da Não+Pelo também oferecem melhoria da textura da pele, redução das chamadas linhas de expressão, estímulo à produção de colágeno, luminosidade às áreas tratadas, tratamento dos vasos sanguíneos e por ai vai. A depilação a luz pulsada, diferentemente do laser, é policromática, ou seja, é um serviço personalizado, pois os flashes de luz são regulados conforme o tipo de pele e pelo. A possibilidade de variação da intensidade e o comprimento de luz é expandida para diversos fototipos (tonalidades de peles). O fato da luz pulsada intensa ser policromático torna o tratamento menos invasivo e agressivo oferecendo uma sensação de bem-estar”, diz a franqueadora e franqueada da maior regional do país, enfatizando a importância dos cuidados dermatológicos no período da menopausa em razão das modificações cutâneas, além da redução do colágeno gerando perda de elasticidade da pele e aparecendo as marcas de expressão.

Deixe uma resposta

CAPTCHA