NOVO! Nova revista digital Leia mais

Informações

Mais um recorde no e-commerce: agora com as vendas da Páscoa

2 Mins read

A Tatix, uma das maiores empresas de full commerce do Brasil, registrou aumento de vendas em 9x com produtos da Lacta e Linea Alimentos

POR: hochmuller

Comprar ovos de páscoa online não é uma tradição, pois as vendas acontecem principalmente no varejo físico. No entanto, a necessidade do isolamento social promoveu uma quebra de paradigmas em mais essa data, que é tão importante para o comércio. A Tatix Full Commerce, uma das maiores empresas de full commerce do país, observa que esse ano as vendas de produtos relacionados à Páscoa bateram recorde nas lojas digitais.

“Dois anos atrás quase ninguém vendia ovos online e os que vendiam eram muito menos comprados que agora”, conta Felipe Russi, diretor de marketing da Tatix. O executivo complementa que o maior volume de compras foi nessa última semana, de 24 a 29 de março, reforçando o perfil de compra do brasileiro que deixa as compras mais para cima da hora.

Entre os clientes que a Tatix faz operação estão a Lacta e Linea Alimentos, responsáveis por esse aumento de vendas no online. Foram mais de 70.000 ovos de páscoa vendidos, unindo o número das duas marcas. As vendas fizeram com que a Linea crescesse 500% frente a março de 2020.

“A Lacta chegou a vender mais de 5 mil ovos em um único dia. No caso de Linea Alimentos que, possui site há 2 anos, foi um recorde de venda, passando inclusive a Black Friday 2020 que era o maior pico até então”, fala Felipe.

Vale ressaltar que vender chocolates no Brasil ainda é um desafio no e-commerce, pois é um país com temperaturas altas em março e o produto precisa ser entregue com a mesma qualidade que o consumidor acha quando compra na loja física. Russi conta que para superar esse desafio, a Tatix desenvolveu embalagens com isolamento térmico e com item de refrigeração interna para longas distâncias. Além disso, toda a estocagem e preparação dos pedidos foram feitos em área com temperatura regulada.

“A cada nova superação em números e, claro, eficiência na estratégia de entrega, para nós é muito valioso. Ano passado, na Páscoa, ainda não havia sido decretado lockdown, e por isso para esse ano foi preciso criar estratégias dentro do e-commerce para que as vendas continuassem acontecendo, e pensando sempre em uma experiência positiva para o usuário. Estamos felizes, pois conseguimos superar expectativas”, comemora Felipe.

Related posts
Informações

Em dólar é mais barato: Brasileiros investem em mercados estrangeiros como opção durante a crise

2 Mins read
POR: Estar Comunicação  Com a pandemia do novo coronavírus e a consequente crise econômica, muitos brasileiros enxergaram no mundo dos investimentos uma…
Informações

Tendências para o mercado de e-learning no pós-Covid

3 Mins read
 POR: agencia deadline Educação à distância. Se você ainda não estudou assim, prepare-se: essa tendência veio para ficar. O EAD veio ganhando status…
Informações

Com crescimento de 75% em 2020, E-commerce brasileiro chegou a representar 11% das vendas do varejo, revela estudo da Mastercard

4 Mins read
Segundo o relatório Recovery Insights, o varejo online movimentou mais de US$ 900 bilhões globalmente POR: JeffreyGroup Brasil À medida que a…
Fique por dentro das novidades

Se inscrevendo em nossa newsletter você ganha benefícios surpriendentes.