Labirintopatias e o zumbido, qual a conexão?

Na reunião do GIPZ, dia 13 de setembro, entenda um pouco mais sobre os dois

POR: Toda Comunicação

No dia 13 de setembro, o GIPZ – Grupo de Informação a Pessoas com Zumbido, se reunirá novamente para discutir “doenças do labirinto e zumbido” sob o olhar da otorrinolaringologista e otoneurologista, Dra. Rita Guimarães.

As doenças do labirinto, como VPPB e a Doença de Menière, afetam o labirinto e suas estruturas responsáveis pela audição (cóclea) e pelo equilíbrio (vestíbulo), também chamadas de labirintopatias.

O zumbido é um sintoma que pode ser causado por diversas doenças que atingem a audição. Esse sintoma pode prejudicar a qualidade de vida do indivíduo e seu relacionamento com os mais próximos, uma vez que o desconforto afeta o humor ou até mesmo deixa a pessoa sensível a sons. “O objetivo do GIPZ é desmistificar o sintoma e orientar o paciente a procurar um médico para diagnosticar e tratar. O zumbido tem tratamento” afirma.

O Grupo consiste em uma equipe multidisciplinar, pois o sintoma em questão pode ser gerado não apenas no ouvido, mas em outras áreas e sistemas do corpo. Entre os profissionais do GIPZ estão a fonoaudióloga Izabella Pedriali, os ortodontistas Gerson Köhler e Juarez Kohler, a Fisioterapeuta Vivian Pasqualin e a psicóloga Daniela Matheus que atendem às palestras e participam da orientação, junto à coordenadora do GIPZ, Dra. Rita Guimarães.

A reunião do GIPZ é mensal, gratuita e acontece – geralmente, nas primeiras sextas-feiras de cada mês, no Anexo B do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, 5º andar, Anfiteatro de Otorrinolaringologia. O início é às 14h e término às 16h, com tempo para palestras e respostas às dúvidas por parte dos pacientes.

Serviço: Grupo de Informação a Pessoas com Zumbido – GIPZ.

Local: Anexo B do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, 5º andar, Anfiteatro de Otorrinolaringologia

Palestrante: Dra. Rita Guimarães

Tema: Doenças do labirinto e zumbido

Data: 13 de setembro de 2019.

Horário: Das 14 às 16 horas.

Contato: (41) 99216-9009.

O GIPZ é gratuito.