Integração entre canais físicos e online permite maior comodidade ao cliente durante a compra

Brasileirinho Delivery trabalha com diversos canais de venda e oferece a possibilidade de retirar o box direto no balcão

 POR: Fatos&Ideias Comunicação 

Comer fora de casa é uma realidade cada vez mais frequente na vida dos brasileiros. O trânsito, a falta de tempo e toda a correria do dia a dia faz com que muitas pessoas optem por realizar alguma refeição fora de casa. Inclusive, dados do IBGE indicam que os brasileiros gastam cerca de 25% de toda sua renda com alimentação fora do lar.

Quem mais tem a lucrar com isso são as empresas que atuam no setor, como o Brasileirinho Delivery, rede especializada em comida popular brasileira in box. “Para quem tem pressa cada minuto conta. Saber disso é fundamental para quem quer ter sucesso com alimentação fora do lar”, afirma Adriano Massi, sócio diretor da franquia.

Além do cardápio variado com mais de 30 opções de box, o Brasileirinho disponibiliza diversos canais para que os clientes possam solicitar os pedidos – através do site, do aplicativo e também por telefone. “Hoje é inviável oferecer apenas uma forma de o cliente te contatar e chegar até sua empresa. Ainda mais no setor de alimentação, onde o cliente busca, principalmente, comodidade”, diz o diretor.

Novas demandas, novos recursos

 Com 200 mil pedidos recebidos por mês é possível dizer que o carro-chefe da marca é o delivery, mas a rede também atende outra demanda de consumidores: aqueles que não têm tempo nem de comer na loja nem disponibilidade de receber o produto em outro lugar (em casa ou no trabalho, por exemplo). “Para algumas pessoas é mais fácil pedir o box e passar para buscar na unidade porque ela pode estar localizada perto do trabalho ou na rota para algum compromisso”, conta Massi.

A prática de comprar por canais online e retirar na loja física (ou em pontos de retirada) já é comum entre os brasileiros. Segundo pesquisa realizada pela Manhattan Associates, cerca de 60% dos consumidores que fazem compras online preferem retirar seus itens em loja física.

Sites de vestuários, eletrônicos e muitos supermercados já aderiram a mais essa possibilidade que traz muitas vantagens ao negócio, como menor custos com transporte e, consequentemente, menor abandono de compra por causa do preço do frete.

A alternativa, além de economizar no tempo, também garante economia no preço final do box, já que a compra não é encarecida pelo valor do transporte. O recomendável é agendar o pedido (que pode ser feito tanto por telefone, internet ou aplicativo) e retirá-lo em horário combinado com a unidade. “Pedimos que o cliente agende um horário para retirada porque assim conseguimos organizar todas as solicitações com horários de entrega, rota dos motoboys, entre outros”.

Mercado promissor

 Consolidado como um dos maiores mercados do Brasil, a indústria de alimentos finalizou 2018 com aumento de 2,08% no faturamento, empregou mais de 13 mil pessoas e teve 9,6% de participação no PIB (Produto Interno Bruto) do país.

A expectativa da Associação Nacional dos Restaurantes (ANR) é que o setor de alimentação fora do lar cresça 5% neste ano, confirmando que essa é mais uma tendência que veio para ficar. “Essa é a grande característica do setor de alimentação: se adaptar às demandas do público. Por isso que é um mercado em constante crescimento”, finaliza Massi.

Sobre o Brasileirinho Delivery

 Criado em 2013, o Brasileirinho Delivery é uma empresa que oferece comida típica brasileira no box. Inserida no franchising em 2014, a marca conta com mais de 100 unidades (distribuídas pelo Brasil) e caiu no gosto do brasileiro ao proporcionar uma experiência inusitada pela forma de apresentação do alimento agregada ao delicioso e surpreendente sabor que é enaltecido pela utilização de produtos frescos e de qualidade. Com dois modelos de negócios: Express, modalidade que comporta o formato delivery, e a franquia Full, no qual proporciona uma área para o cliente se alimentar no local, o Brasileirinho exige investimento de R$130 mil e R$150 mil, respectivamente. No cardápio, são mais de 30 sabores entre opções tradicionais, massas, premium, saudáveis e veganas.

Deixe uma resposta

CAPTCHA