Hilton Canopy West Palm Beach é o mais recente empreendimento da Driftwood Acquisitions & Development

Brasileiros que buscam diversificar mercados esgotaram as cotas do projeto destinadas ao EB-5, visto americano que dá direito ao Green Card e custa 500 mil dólares

O Hilton Canopy West Palm Beach, mais um projeto da Driftwood Acquisitions & Development, ficará pronto em até oito meses. O hotel possui 150 quartos distribuídos em 14 andares e é projetado como uma extensão natural de sua região, com referências aos aspectos locais de arte, alimentação e cultura. Está localizado no coração de Miami, ao lado de grandes marcas como Ferrari, Jaquar e Aston Martin.

Visando oferecer uma maior comodidade aos hóspedes, será possível ter acesso ao check-in móvel, além de Wi-Fi gratuito, café da manhã de cortesia e degustações de vinhos locais, cervejas e outras bebidas durante a sua estadia. Ao chegar, os visitantes receberão um presente de boas-vindas inspirado no destino proporcionando uma experiencia única e autentica.

A obra teve um investimento de 50 milhões de dólares. Desse total, parte ficou disponível para o programa EB-5, modalidade que dá direito ao Green Card permitindo que empresário, cônjuge e filhos solteiros até 21 anos possam morar e trabalhar legalmente nos Estados Unidos.  “Metade dessa cota foi adquirida por brasileiros”, explica Ariel Yaari, executivo da Driftwood Acquisitions & Development.

Segundo dados divulgados no início deste ano pelo Governo Americano, em 2017 foram concedidos mais de 282 vistos EB-5 para brasileiros. “Atraído por um investimento seguro e com a vantagem de viver com suas famílias em solo americano, esse empresário quer se distanciar de um cenário composto por incertezas políticas e econômicas do país. Mesmo estando prestes a eleger novo presidente da República, quem possui folego para aportes financeiros, não está tão confiante e por isso prefere diversificar seus mercados”, analisa.

Para esses investidores que também buscam um negócio seguro e rentável, além da permanência, Yaari explica que a Driftwood oferece dois formatos diferentes de investimento.  “O primeiro modelo é um empréstimo para o projeto por um período de 5 anos a uma taxa de juros fixa de 2% ao ano. No segundo, o investidor torna-se sócio do projeto e recebe rendimentos de cerca de 8,5% ao ano, com um prazo estimado em sete anos A garantia total de conclusão e a finalização da obra são garantidos pelos ativos da empresa”, explica.

O projeto que recebe o investimento EB-5 precisa comprovar a geração de pelo menos dez novos empregos em tempo integral, por investidor. “Quando o investimento é feito através de um centro regional, como no caso da Driftwood, são considerados também os empregos indiretos e induzidos. Para este projeto, geramos cerca de 500 novos postos de trabalho”, aponta o especialista.

O processo do visto EB-5

O investidor deve contratar um advogado de imigração, que faz a análise da origem de recursos do investidor. O interessado escolhe um projeto qualificado para o EB-5, deposita o investimento de US$500.000 em uma conta escrow e paga a taxa administrativa. O profissional habilitado envia a Petição I-526 para o USCIS. Se for aprovada, o requerente recebe um Green Card “condicional” por dois anos, enquanto há a verificação da criação dos empregos requeridos. Se houver rejeição, os US$500.000 são devolvidos.

Após a aprovação, os membros imediatos daquela família podem viver, e trabalhar em qualquer lugar dos EUA, sem restrições, com o Green Card condicional.  Antes de chegar ao prazo de 90 dias, o advogado de imigração apresenta a petição I-829 para remover as condições, baseando-se na confirmação da criação dos empregos necessários. Investidor recebe Green Card permanente após aprovação da petição I-829.

Ariel Yaari é especialista em investimentos nos Estados Unidos. Estudou em escolas com a metodologia Waldorf, com base em Antroposofia. É graduado em Administração de Empresas, pós-graduado em Planejamento e Marketing de Turismo pelo SENAC. Possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo. Participou de cursos livres em Cambridge e Israel. Vivendo em Miami desde agosto de 2014, está atualmente assessorando empresários em oportunidades de investimento e assessorando em processos de imigração.

Sobre a Driftwood Acquisitions & Development

A Driftwood Hospitality tem um histórico comprovado de sucesso na aquisição e desenvolvimento de mais de 100 hotéis, sendo uma das 10 maiores proprietárias e operadoras deste segmento, com mais de 9.500 quartos, 4.500 funcionários e $40 bilhões em volume de transação.   Além disso, conecta empresas norte-americanas que buscam levantar capital a investidores estrangeiros em busca de residência nos Estados Unidos através do visto EB-5, criando um sistema que beneficia ambas as partes. As unidades mais recentes são: HILTON TRU & HOME2 FORT LAUDERDALE, MARRIOTT RESIDENCE INN Hotel, COURTYARD BY MARRIOTT MIAMI e HILTON GARDEN INN TAMPA.

Para mais informações, acesse – http://www.dadlp.com/inicial/

Fonte: Carolina Lara – Assessoria Imprensa

Deixe uma resposta

CAPTCHA