Evitar sorrir em fotos: é problema de autoestima?

No dia do adolescente, entenda como é importante manter o sorriso e ter portas abertas para experiências

POR: Toda Comunicação

Não gostar de tirar fotos sorrindo, fugir de apresentações à pessoas novas, cobrir a boca ao rir, essas situações te parecem familiares? Pode ser um problema de autoestima.

A autoestima é um fator imprescindível para todos, pois contribui para uma vida leve e boas relações, é a maior qualidade daqueles que confiam e apreciam a si mesmos, independente de defeitos na aparência ou no interior.

Para os jovens, a autoestima – ou a falta dela, é algo que pode levá-lo a diferentes caminhos, então é importante se sentir confiante para ir de encontro a um bom futuro.

Um dos principais agentes que influenciam a autoestima, é o sorriso. “Quando o jovem não se sente confortável ou confiante nele, pode evitar contato e se isolar, prejudicando relações e se privando de eventos futuros”, conta Fabiane Ravaneli, cirurgiã-dentista.

No dia do adolescente, é importante conscientizar o quão importante é estar de bem consigo mesmo, estar confortável com sua imagem no espelho, e, principalmente, deixar-se sorrir.

Na adolescência, o sorriso abre portas, cria amigos e convida o romântico para fazer parte da sua vida. “Não deixe que problemas de autoestima por fatores externos prejudiquem suas relações, é possível sorrir na época mais intensa da vida”, aconselha a dentista.

Quem sorri se destaca, por isso, é importante tratar qualquer complicação ou problema ainda jovem, pois é mais fácil e evita desentendimentos consigo mesmo durante a vida adulta.

Serviço: Odonto.com

Fabiane Ravaneli

Cirurgiã-dentista, especialista em ortodontia e radiologia odontológica

http://clinicaodonto.com.br/

(41) 3232-3253

Des. Ermelino de Leão, 15 – Centro, Curitiba – PR, 80410-230

(45) 3222-2016

São Paulo, 887 – Centro, Cascavel – PR, 85801-130

(41) 3552-7549

Pedro Druszcz, 523 – Centro, Araucária – PR, 83702-080