Destino badalado entre famosos no Réveillon atrai investimentos do setor imobiliário

Península no litoral sul da Bahia, conhecida como Polinésia brasileira, que já foi eleita por Neymar para passar o Réveillon, recebe empreendimentos sustentáveis que conquistam clientes como a digital influencer Gabriela Pugliesi e as modelos Candice Swanepoel e Cintia Dicker

POR: Comunicação Conectada 

Considerada um dos principais destinos turísticos recentes do litoral brasileiro, a Península de Maraú, na Bahia, é uma região paradisíaca que atrai, além de visitantes brasileiros, milhares de turistas internacionais.

Maraú está localizada a cerca de 275 km de Salvador, no litoral sul da Bahia. O local tem a segunda melhor classificação dos locais turísticos brasileiros em uma categorização feita pelo Ministério do Turismo. De acordo com a pesquisa, a região recebeu no ano passado 25 mil turistas domésticos e 3,7 mil turistas internacionais.

Com águas mornas e cristalinas, a Península de Maraú fica na região chamada de Costa do Dendê e conta com mais de 40 praias, incluindo Taipu de Fora, eleita entre as 10 mais bonitas do país. Com extensão de 115 km, além das praias os turistas também conseguem aproveitar rios, cachoeiras, manguezais e uma grande variedade de áreas verdes.

As características, junto com o diversificado ecossistema, fazem com que a península seja chamada de “Polinésia baiana”, em referência ao conjunto de ilhas do Oceano Pacífico, que é considerado um dos locais mais paradisíacos do mundo.

No ano passado, os atletas Neymar, Daniel Alves e Gabriel Medina, a modelo Aline Riscado e a atriz Giovanna Lancellotti passaram o Réveillon na região. A alta procura de celebridades pelo local é explicada, em parte, pela privacidade, estrutura e belas paisagens naturais.

Investimentos em alta

Segundo sites de notícias, este ano o craque do PSG vai repetir a dose e irá alugar a mesma casa do marqueteiro Duda Mendonça para passar as festividades de final ano. A propriedade conta com um lago artificial com peixes trazidos da Amazônia, parque aquático e heliponto. Duda foi um dos pioneiros a investir na região e especula-se que o imóvel esteja avaliado em R$30 milhões.

A região está em franca expansão turística e imobiliária. Uma renomada rede asiática de hotéis de luxo está prestes a inaugurar em Maraú o primeiro empreendimento do grupo na América Latina. 90% das pousadas e hotéis já estão locados para a temporada de verão de 2020. Pesquisas mostram, ainda, grande procura por aplicativos de locação na península, que vem impactando bruscamente os meios convencionais de locação. O aluguel por temporada é um mercado em franco crescimento e já mostra aos proprietários de imóveis uma forma prática de recuperar os seus investimentos.

Considerando o potencial de crescimento da região, a incorporadora Alphaz, que possui como diferencial a aplicação de soluções sustentáveis em seus projetos, está lançando três empreendimentos na Península de Maraú. Os empreendimentos possuem soluções que reduzem os impactos ambientais causados pela construção. Além disso, aliam compromisso com a comunidade local, qualidade e custo otimizado.

“Barra Grande, assim como outros locais do Nordeste, enfrenta questões ambientais. Nossa proposta é fazer um produto para conscientizar a população local que através de um sistema fotovoltaico, biodigestor para tratar água e esgoto, reciclagem de material orgânico nas composteiras, inclusive de material sólido na construção de tijolo, podemos reduzir a quantidade de lixo que é acumulado na região”, explica Luigi Scianni Romano, sócio-fundador da Alphaz.

Projetos sustentáveis e vizinhança influente

Os condomínios da Alphaz são pensados por uma equipe multidisciplinar, para que a sustentabilidade seja um guia em todo o processo.

O sistema fotovoltaico funciona por meio de placas que captam a luminosidade natural (não necessariamente a luz do sol, basta que haja luminosidade natural) e a transforma em energia elétrica.

O biodigestor de esgoto transforma, através de bactérias, a matéria orgânica dispensada em um biogás que pode ser usado como energia. A água do esgoto é tratada por um filtro biológico e, depois disso, fica pronta para o reuso. Já a compostagem orgânica serve para transformar sobras de comida em humus, um material rico em nutrientes e fértil.

Além disso, as moradias construídas pela Alphaz custam menos do que as dos concorrentes. Um dos motivos dos preços praticados é a inteligência de produção adotada pela empresa.

“Os valores do nosso condomínio em Barra Grande, por exemplo, são 30% mais baratos em comparação com os outros. E precisamos considerar que os nossos projetos são exclusivos, que temos itens de sustentabilidade, arquitetura assinada e piscina individualizada. Mesmo com todo esse valor agregado, cobramos um preço inferior ao que é praticado pelas outras construtoras”, argumenta Luigi.

O primeiro projeto da incorporadora Alphaz na Península de Maraú é o condomínio Landscape. Localizado na vila de Barra Grande, ele possui casas exclusivas em um condomínio fechado a 300 metros da praia da Ponta do Mutá e fica a mil metros da vila comercial.

O empreendimento é uma verdadeira casa de praia dos sonhos. Construído de uma forma onde meio ambiente, clima, praia e vegetação local sejam valorizados, o condomínio Landscape integra todos esses fatores com um residencial de alto padrão. O projeto tem viés sofisticado e é assinado por Sérgio Fischer, um dos principais arquitetos do Brasil, responsável por grandes obras como a do estádio da Sociedade Esportiva Palmeiras, o Allianz Park, localizado na Zona Oeste de São Paulo.

Entre os proprietários de uma das casas no Landscape estão os digitais influencers Gabriela Pugliesi e seu marido Erasmo Viana. Juntos, os dois somam mais de 5 milhões de seguidores nas redes sociais. Gabriela, embaixadora da Alphaz, conta que vai passar o Réveillon na região e que gostou do projeto justamente pela união entre sustentabilidade e beleza estética.

“Além de ser lindo o projeto, adoramos a ideia por causa de toda a preocupação com a sustentabilidade. Ou seja, a casa usa energia fotovoltaica, que é captada do sol, reaproveitamos água da chuva, a madeira usada foi de demolição usada de ferrovias e nós fazemos a compostagem de lixo orgânico. Unir beleza estética e consciência ambiental foi o que nos conquistou”, explica.

Além do Landscape, a incorpora possui na região o projeto Cassange. O condomínio que terá a assinatura do arquiteto Claudio Fauza, está em fase de planejamento e a expectativa é que as obras comecem no início de 2020. Considerada uma região “privilegiada”, o condomínio terá um forte apelo natural e estético.

O nome do projeto foi inspirado na lagoa homônima que banha o pedaço de terra onde o condomínio será construído. Ou seja, as casas ficarão instaladas em uma faixa de terra entre a lagoa Cassange e o mar. Para aproveitar esse encontro das águas, as casas serão projetadas para que tenham duas frentes (uma para a lagoa e outra para o mar) e ainda uma visão panorâmica de 360° desse espetáculo visual.

A top model sul-africana Candice Swanepoel, considerada uma das principais modelos da atualidade, está participando ativamente da concepção do projeto. Candice passou a infância na região, portanto, além de aproveitar para relembrar de momentos felizes, o projeto com a Alphaz será uma oportunidade de levantar a bandeira de respeito ao meio ambiente. Ativista de várias causas, a modelo considera a pauta ambiental uma das mais importantes do século XXI.

“O projeto do Cassange está em um dos lugares que eu mais amo, Barra Grande, na Bahia. A Alphaz está tornando realidade o conceito de que conforto e sustentabilidade podem ser acessíveis a todos. Espero que esta proposta possa ser aplicada em todo o mundo no futuro. É possível unir sofisticação e consciência limpa.”, diz a modelo.

Fauza também assina o projeto Sagittarius, que chega à Península do Maraú como um complexo de casas que será instalado na Praia de Taipu de Fora, região bastante badalada e procurada por praticantes de surfe do mundo todo. A 50 metros da linha do mar, Sagittarius terá arquitetura oriental e contemporânea.

A modelo internacional e atriz brasileira Cintia Dicker é uma das parceiras da Alphaz no projeto. Ela conta que possuía há muito tempo o desejo de ter uma casa no litoral baiano. Cintia afirma que via fotos da região e acabou se apaixonando pelo lugar, que considera a “praia mais linda da Bahia”.

“E o mais importante é a sustentabilidade. Eu sempre me preocupei com o meio ambiente e projetos sociais, e é isso que a Alphaz tem de propósito maior, que é cuidar do nosso planeta”, diz Cintia.

Sobre a Alphaz

A Alphaz é uma incorporadora brasileira que executa projetos assinados de arquitetura com responsabilidade ecológica.

A empresa segue as mais modernas tendências de construções ecologicamente viáveis, práticas de custo otimizado e acima de tudo um produto de alto valor agregado que gera rentabilidade para os proprietários.

Os empreendimentos da Alphaz são equipados com soluções sustentáveis como painéis solares fotovoltaicos, sistemas biodigestores para tratamento de esgoto, captadores de água da chuva, compostagem orgânica e lixeiras para coleta seletiva.

A Alphaz também possui o diferencial de atuar com parceiros técnicos de renome, como o arquiteto Sérgio Fischer e o arquiteto Cláudio Fauza. E embaixadores engajados com a causa ambiental, como a digital influencer Gabriela Pugliesi, o empresário Erasmo Viana, o ator Leandro Lima e modelos internacionais como Cintia Dicker, Candice Swanepoel, Leandro d’Lucca e Flavia Lucini.

Atualmente a Alphaz desenvolve projetos nas regiões do Sul do estado de Minas Gerais e no Vale do Paraíba, Bahia, Pipa (RN), Litoral Norte de São Paulo (Ubatuba e Ilha Bela), Punta del Este, no Uruguai, e Costa Rica.

Acesse:

https://www.alphaz.com.br/

https://www.instagram.com/alphaz.construtora/