Clube de assinaturas Trem de histórias – Livros e músicas infantis

O mercado de clubes de assinatura movimenta até 1 bilhão de reais ao ano no Brasil, tem aproximadamente 800 empresas neste seguimento e dez delas dedicadas a livros infantis.

POR: trem de historias

Clubes de assinatura são plataformas digitais com foco em experiência e fidelização de clientes, diferente do varejo, vende comodidade, conforto e experiências de consumo inovadoras. Segundo dados da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), existem mais de 800 empresas ativas nesse ramo no país.

O foco do processo de um clube de assinatura é oferecer ao cliente consumidor os produtos preferidos sem sair de casa. Neste contexto, o que se vende é uma surpresa encomendada, ou seja, uma experiência repleta de possibilidades de encantamento, esse é o mote, o core de quem oferece assinatura de produtos, e os consumidores querem ter esse tipo de exclusividade, fator cada vez mais recorrente quando o assunto é comportamento do consumidor

Assim, nasce a editora e clube de assinatura Trem de Histórias que chega ao mercado brasileiro com a ideia de formar uma comunidade de leitores, apostando em personagens representativos: a Nalu, garota negra que quer ser astronauta, Davi o garoto cadeirante que sonha em conhecer o mundo, Clara a garotinha com síndrome de Down que ama ser bailarina, e os palhacinhos Goiabinha e Marmelada que usam vivem no circo uma turma inteligente esperta que vai encantar a criançada. Além da nossa fauna como Tuco, tucano; Lica e Lico, os lobinhos guará; Bela, a borboleta; Tati, a tartaruga; Lila, a ararinha azul; Beto, o boto cor-de-rosa e Bufo, o sapo cururu. Trazemos também do nosso folclore a Iara, o Boitatá, Caipora, Curupira e o Saci Pererê para completar as histórias.

“Previsibilidade de receita, controle de estoque, otimização da equipe financeira, taxas baixas de inadimplência são algumas das vantagens deste tipo de negócio”, afirma Vitor Braga, diretor financeiro e de marketing da Trem de História. “O potencial de crescimento deste mercado é muito grande. Para se ter uma ideia, nos Estados Unidos o setor movimenta aproximadamente US﹩ 10 bilhões ao ano. Ainda temos muito que aprender e crescer”.