5 dicas de como economizar na viagem e não ter dor de cabeça depois

Especialista da Creditoo aponta medidas simples que ajudam a curtir dias de folga sem aperto

POR: NR-7 Comunicação

São Paulo, julho de 2019 – As férias de julho chegaram! Época em que as escolas têm um recesso e muitas famílias aproveitam para viajar. Para que os dias de descanso sejam ainda mais prazerosos, Thales Becker, CMO da fintech de empréstimo consignado privado Creditoo, aposta em algumas dicas para evitar dores de cabeça depois.

  1. Pesquise e planeje
    Planejamento é a palavra-chave para não gastar muito durante as férias. Hoje, há diversos blogs e sites de viagens que avaliam os preços de atrações turísticas, hotéis, meios de transporte e muito mais. Por isso, pesquise bastante os melhores preços e planeje o roteiro. Por exemplo: há dias da semana em que os museus têm entrada grátis. Outra maneira de saber mais sobre o destino, é conversar com quem já foi e pode dar sugestões de como gastar sem desperdício.
  2. Avalie para onde vai seu dinheiro
    Um resort all inclusive é muito bacana, mas se torna um gasto desnecessário se você for para o local somente para dormir. Pagar por um transfer do aeroporto para o hotel também pode ser um gasto reavaliado se a cidade contar com transporte público de qualidade. Assim, qualquer decisão que for tomar, sempre avalie se vale a pena e se há alternativas que lhe atendem sem que você precise gastar muito.
  3. Defina seu orçamento
    Uma medida que ajuda bastante a não perder o controle durante as férias é definir o quanto você pode gastar por dia ou durante o período de férias. Decidir qual o teto que gostaria de gastar com alimentação, transporte e souvenirs já ajuda bastante.
  4. Procure comprar à vista
    Evite parcelar os gastos durante a viagem para não comprometer as suas finanças, já que atrasos nas parcelas do cartão de crédito geram taxas em torno de 300% ao ano. Por isso, o ideal é fazer as compras à vista sempre que possível, evitando cair nos juros do cartão.
  5. Coloque na ponta do lápis
    Na hora de fechar os gastos mais altos da viagem, como hospedagem e transporte, negocie descontos para pagamento à vista. Conseguindo o desconto, vale a pena optar por um empréstimo (com juros baixos, claro) ao invés de parcelar e comprometer o limite do cartão de crédito, correndo o risco de atrasar as parcelas – e precisar arcar com os juros altos por meses, refletindo no futuro das suas finanças.

Sobre a Creditoo

Fundada em 2016 e em operação desde 2018, a Creditoo é a primeira e única plataforma 100% online que oferece empréstimo consignado como benefício para funcionários de empresas privadas, com a menor taxa de juros do mercado (a partir de 1,75% ao mês). A fintech vem dobrando sua carteira de clientes mensalmente, e já disponibilizou mais de R$ 20 milhões por meio da sua plataforma. Até o final de 2019, a fintech pretende conceder cerca de R$ 200 milhões em empréstimos consignados para colaboradores das empresas parceiras.

Deixe uma resposta

CAPTCHA